Falta de ar. O que pode ser? O que fazer?


Falta de ar O que pode ser O que fazer
Falta de ar. O que pode ser? O que fazer?




Falta de ar pode ser de ordem emocional ou médica 




Por Vijai P. Sharma, Ph.D 

Falta de ar, ou dispneia,  pode ser um sintoma relacionado a uma condição mental, como ansiedade ou transtorno do pânico ou de uma condição médica como a doença cardíaca ou pulmonar. Se você ignorar o sintoma, você não vai saber com o que você está lidando. 
Às vezes, falta de ar costuma vir acompanhada por dor no peito. O que também pode ser causada por razões médicas ou emocionais. 

 
Dificuldade para respirar

Dificuldade para respirar

As pessoas portadoras de um transtorno de ansiedade, bem como doença cardíaca ou uma doença pulmonar necessitam de avaliação para que se possa identificar quando a falta de ar é causada pela ansiedade ou a condição médica. É importante que se pergunte a cada vez "Estou sem fôlego por causa do meu coração, ou é a minha ansiedade agindo?" Às vezes, é uma combinação de ambos.
Se você sentir falta de ar, seja por condições médicas ou emocionais, pode beneficiar em desenvolver a consciência da causa de seus sintomas para que possa descrever ao médico tanto as características orgânicas bem as emocionais. 

Sensação de falta de ar

Sensação de falta de ar

Algumas mulheres percebem aumento da falta de ar na gravidez, tanto no inicio como durante a gestação. Outras pessoas percebem aumento da falta de ar à noite, chamam de falta de ar noturna.
Algumas pessoas simplesmente ignoram os sinais desconcertantes associados a dificuldade de respirar, como pequenas mudanças na pressão do peito, dor no peito ou no fluxo de ar. Mesmo que tais sintomas sugiram problemas, alguns optam por não prestar atenção até que o "elefante na sala" não possa mais ser ignorado. "
A pressão no peito leve pode se transformar em dor forte no peito e ligeira aceleração da respiração em um sentimento de asfixia ou hiperventilação. 

dor no peito e falta de ar


 Dor no peito e falta de ar


Ao dizer isto, devemos também explicar que não é necessário ficar excessivamente alarmado quanto a estes sinais. As pessoas sensibilizadas consideram mesmo uma mínima elevação na pressão no peito ou a taxa de respiração como um sinal de um ataque cardíaco ou um ataque de pânico.
Apure suas habilidades de observação interna; aprenda a ler sinais sutis do corpo ou da mente, sem se tornar um alarmista.
Para ilustrar a vantagem de observação interna, vamos dar o exemplo de uma pessoa com doença cardíaca e transtorno de ansiedade. Com boas habilidades de observação, a pessoa que experimenta a dor no peito, cansaço respiratório ou dificuldade em respirar poderá identificar seus sintomas e tomar providências adequadas. 
O que fazer quando tiver falta de ar


 O que fazer quando sentir falta de ar


A consciência positiva e descontraída ajuda na capacidade de observar os primeiros sinais e sintomas, sem exagerar e dar passos positivos para a gestão do problema.
Falta de ar pode exigir atenção profissional. Pode haver uma condição médica subjacente ao sintoma. Em alguns casos, a falta de ar é progressiva. Se não tratada adequadamente, pode piorar.
A maioria das pessoas tendem a ignorar quando a falta de ar é moderada. Uma pequena porcentagem de pessoas ignoram a falta de ar, mesmo grave.
Percebemos que quando as pessoas acham que uma atividade ou exercício se torna ofegante, simplesmente não realizam mais esta atividade. Eles passam a limitar sua atividades em vez de tomar uma ação positiva. Por exemplo, se uma caminhada do estacionamento à entrada do shopping se torna desconfortável, provavelmente esta pessoa vá estacionar mais próximo da entrada, nas próximas vezes, para evitar caminhar. 

Cansaço e falta de ar

Cansaço e falta de ar



A negação é um fenômeno interessante. No exemplo acima, das pessoas que passam a estacionar mais próximo à entrada, vemos que elas não reconhecem que a falta de ar era a verdadeira razão para estacionar tão perto da entrada. Eles passam a explicar, para si mesmos, que simplesmente “preferem estacionar ao lado da porta” mesmo que percam muito tempo procurando por esta vaga.
Alguns erroneamente atribuem a falta de ar ao envelhecimento ou artrite. Algumas pessoas com excesso de peso atribuem a falta de ar, mesmo grave, para o peso, o que pode ou não ser verdade. 

Falta de ar causada pela Ansiedade
Falta de ar causada pela Ansiedade


Essa falta de consciência sobre a respiração, e consequente falta de tratamento adequado seja a falta de ar de causada pela ansiedade ou por condições médicas, pode ter efeitos negativos profundos na saúde. Por exemplo, estresse e falta de ar relacionados à ansiedade pode evoluir para um transtorno do pânico ou agorafobia. Da mesma forma, o coração não tratada ou falta de ar relacionadas pulmão pode resultar em graves prejuízos nas atividade piorando o problema.

O que é bom para falta de ar

Como lidar com a falta de ar - o que é bom para falta de ar

Tendo consciência de seus sintomas é possível tomar medidas oportunas como sair de uma situação estressante, usar as técnicas que seu psicólogo lhe passou para contornar a crise de pânico ou tomar aspirina e chamar o médico, conforme a necessidade de cada caso. 




Fonte: http://www.mindpub.com/art501.htm

Dispneia Significado

Dispneia Significado

 O que é Dispneia: se caracteriza pela falta de ar e respiração curta



Falta de ar na gravidez - gestação

Falta de ar na gravidez

Durante a gestação seu médico deve ser consultado para que possa avaliar a possibilidade tanto de se tratar de ansiedade como de alguma condição médica.


Falta de ar constante

Falta de ar constante

Não devemos nos acostumar com a falta de ar pelo simples fato de ser constante.




Falta de ar Causas O que pode causar falta de ar

Falta de ar Causas 

O que pode causar falta de ar seria tanto questões médicas como psicológicas, como por exemplo ansiedade ou síndrome do pânico



Falta de ar a noite ao deitar

Falta de ar a noite 

Algumas pessoas percebem maior incidência do sintoma ao deitar.



Sintomas da falta de ar tontura dor no peito cansaço respiratorio

Sintomas da falta de ar 

Tontura, dor no peito,cansaço respiratório, etc podem acompanhar a falta de ar, podendo estar relacionados ou não.



Acordar com falta de ar

Acordar com falta de ar

Pode indicar que algo ocorreu durante o sono, o que pode ser tanto um sonho que tenha causado ansiedade como questões médicas.


Dificuldade para respirar fundo

Dificuldade para respirar fundo




Falta de ar repentina

Falta de ar repentina




Como melhorar a falta de ar

Como melhorar a falta de ar




Falta de ar psicologia

Falta de ar psicologia









Marisa de Abreu Alves Psicóloga - CRP 06/29493-5

Informações e valores com psicoterapeuta Aqui
Escolha seu psicólogo Aqui
Agende sua consulta com psicólogo Aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários são bem vindos: