Quando você critica o outro significa que...












Algumas das possíveis explicações para alguém se entregar ao
comportamento critico:




- O outro está fazendo algo que te incomoda porque você já
percebeu com sua experiência que tal coisa é prejudicial para si mesmo ou para
os outros e você não quer que alguém saia prejudicado.
Ex: Um pai que não recolhe seu filho que brinca no meio fio.

- De forma inconsciente você percebe esta situação como
se  outro estivesse se dando o direito de
fazer algo, que mesmo que seja reprovável,  está de alguma forma te afrontado por você não
conseguir realizar o seu desejo, mesmo que seja de fazer coisas diferentes que
esta pessoa está fazendo.
Ex: O outro está fumando, você não deseja fumar mas talvez
deseje comer chocolate ao qual é alérgico, e te incomoda o fato da outra pessoa
se dar o direito de fazer algo claramente prejudicial quando você não pode
fazer algo que não é prejudicial para a maioria das pessoas.

- Você, tem um foco muito forte no outro, na observação do
outro, e perde a referência de si mesmo. Ou seja, é possível que você também
faça coisas parecidas, mas a falta de auto-observação o faz pensar que seu comportamento
é completamente diferente.
Ex: Critica alguém que fala alto no restaurante mas não
percebe que ao telefone você também fala alto.

- Existe um prazer, secreto, em diminuir o outro para que
desta forma você pareça melhor.
Ex: Ao dizer que o outro é inconveniente acredita que seu
interlocutor o perceba como alguem muito mais elegante.

- Você sente um forte descontentamento na percepção de que
mundo é imperfeito, sem perceber que a perfeição é algo muito difícil.
Ex: Não aceita que o trafego em São Paulo é algo que depende
de fatores muito mais complexos do que simplesmente criticar a pessoa que vai
de carro a dois quarteirões de casa.

- Você desconsidera a possibilidade do outro estar fazendo
algo que seria prejudicial a você mas para ele está sendo muito bom.
Ex: O outro come manteiga, margarina, faz musculação, mas você
não pode fazer nada disso.

- Você tem a sensação de que sua crítica poderá mudar o
comportamento do outro.
Ex: Conta, a quem não perguntou, os malefícios de comer
bacon mas a crítica deixa o outro aversivo as suas colocações, simplesmente por
serem críticas.

- Você tem a sensação de já ter todas as respostas e
conseguir identificar o que é de fato bom para cada pessoa.
Ex: Leu na internet, na TV, e considerou que aquilo é uma
verdade incontestável e imutável.

- Você gostaria de conseguir fazer a mesma coisa mas não tem
esta iniciativa.
Ex: Alguém dançando extrovertidamente quando você não consegue
dançar espontaneamente.

- Voce já foi criticado, e por trauma e talvez para se
sentir vingado, critica os outros.
Ex: Já te falaram que você come errado e com isso se tornou
um “expert” em alimentação saudável.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seus comentários são bem vindos: